Nesta sexta-feira (31) as equipes do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) cumpriram mandado de prisão preventiva em nome de Aldair Lucas Gonçalves dos Santos, 26, pela participação nas tentativas de homicídio de um estudante de Medicina, de 20 anos, e da prima dele, de 21 anos.

O delegado Rafael Allemand, diretor do DRCO, destacou que as diligências policiais acerca da ocorrência foram finalizadas, pois os outros envolvidos já se encontram presos. Aldair foi indiciado por tentativa de homicídio.

Entenda

O crime ocorreu em 24 de fevereiro deste ano, durante bloco de Carnaval, no estacionamento de uma faculdade particular, na avenida Nilton Lins, bairro Flores, na zona centro-sul da capital.

O caso teve início depois de um homem de 26 anos ter importunado sexualmente a vítima de 21 anos. Na ocasião, o homem passou as mãos nas nádegas dela e diante disso, o primo dela, com o intuito de protegê-la, pediu para o homem se afastar.

Conforme a autoridade policial, instantes depois, no momento em que voltavam do banheiro, os dois jovens acabaram sendo surpreendidos pelo mesmo indivíduo, que estava na companhia de mais três homens, dentre eles Caio. Neste momento, os infratores iniciaram as agressões contra o estudante e, em seguida, contra a prima dele.