O Departamento de Inteligência Penitenciária (Dipen) da Seap, obteve informações de que uma organização criminosa teria programado uma manifestação, com pessoas pagas para esta ação, em frente ao ramal do KM 08 da BR-174, na próxima segunda-feira (26), para supostamente reivindicar o retorno de antigas regalias dentro do sistema prisional.

Entre as reivindicações estariam a volta das visitas aos finais de semana e a entrada de alimentos externos. O coronel Vinícius Almeida, secretário da Seap, ressalta que o sistema penitenciário garante cinco refeições diárias aos detentos, em cumprimento à Resolução nº 3, de 5 de outubro de 2017, do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária (CNPCP).

Desdobramentos – Segundo levantamento da Inteligência da Seap, a manifestação seria a primeira fase de um plano maior comandado pelo grupo criminoso.

“Esse grupo tem, após essa ação, a intenção de realizar mortes nos presídios, com objetivo de desestabilizar o sistema e enfrentar o Estado. Por isso, estamos monitorando e avaliando, juntamente com os órgãos de fiscalização, a tomada de medidas rígidas para conter possíveis atos que visem burlar a segurança do sistema prisional. Uma delas é a solicitação de transferência de detentos para o regime federal”, afirmou o secretário.

Visitas transferidas – Com objetivo de manter a segurança no sistema prisional, todas as visitas programadas para segunda-feira (26) serão transferidas para terça-feira (27). Novas alterações nos dias de visita não estão descartadas.