Dois traficantes foram presos na quinta-feira (10), suspeitos de serem responsáveis por ataques criminosos no Careiro Castanho, após a morte de Erick Batista, o ‘Dadinho’, que causou atos terroristas em 10 cidades do Amazonas.

As prisões dos suspeitos foram feitas por militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), na rua Jacamim, do Bairro Novo; com eles, foram encontradas drogas, armas de fogo e galões de combustíveis. No município, foram queimados sete prédios públicos e um veículo particular.

Com suas extensas listas criminais, foram convidados a ver o sol nascer quadrado na delegacia do município.

Já são 44 pessoas presas no estado, envolvidas com a onda de terror que se espalhou no último fim de semana.