Depois de uma novela, o Grêmio oficializou ontem, 28, a contratação do lateral-direito Rafinha, de 35 anos, que estava sem clube após rescindir com o Olympiakos-GRE. Após o presidente do Grêmio descartar a chegada do atleta, que estava tentando sua volta para o Flamengo, o Tricolor acertou até o final do ano com o jogador.

A contratação de Rafinha teve participação fundamental do técnico gremista, Renato Portaluppi. Com muitas ligações e uma certa insistência do treinador, o presidente Romildo Bolzan mudou de ideia e costurou um acordo com o jogador, que chega para disputar posição com Victor Ferraz, Vanderson e Leo Gomes.

Com larga experiência no futebol europeu, Rafinha tem passagens pelo Bayern de Munique, onde se destacou por oito temporadas. Também acumula passasgens por Schalke 04, Genoa e Flamengo, onde foi campeão brasileiro da Libertadores e do Campeonato Brasileiro de 2019, da Recopa Sul-Americana e do Campeonato Carioca 2020, além da Supercopa do Brasil.