A Prefeitura de Manaus disponibiliza à população, em pontos estratégicos e de grande circulação de pessoas na cidade, 13 pias comunitárias totalmente revitalizadas, para oferecer acesso fácil à higienização, como forma de combate à Covid-19. As estruturas receberam, recentemente, troca de equipamentos e desenhos de grafite com temas regionais, inspirados na fauna e flora da Amazônia.

Essa infraestrutura reformada entrou em funcionamento ao longo dos últimos dias e continua sendo fiscalizada pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman).

As pias revitalizadas estão instaladas nas praças da Saudade, Matriz (dois pontos), do Congresso, Heliodoro Balbi, Chile, Enock Reis, Nossa Senhora de Nazaré e dos Remédios (dois pontos), além disso, estão na Manaus Moderna (duas pias) e em frente à Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc).

Os locais receberam limpeza, pintura, novos tanques de concreto, novas torneiras e dispensadores de sabão. Também têm cartazes informativos, que descrevem todos os passos para a higienização correta das mãos e prevenção ao novo coronavírus.

Grafite

O responsável pelos grafites nas pias é o artista amazonense Waldemir Nascimento, 30 anos, conhecido como “Cria”. Ele se mostrou feliz em colaborar com a ação.

Parceria

As pias foram implantadas inicialmente em maio de 2020, em uma parceria entre a Prefeitura de Manaus e a concessionária Águas de Manaus. O objetivo é oferecer uma alternativa para a higienização das mãos de quem não pode ficar em casa e também à população em situação de rua.

Apesar da função social, os equipamentos foram alvo de vandalismo. Após pedido da Ageman, a parceria foi retomada em janeiro, e as pias passaram por revitalização.

Além das pias em praças e locais de grande circulação, a empresa também instalou, a pedido da Prefeitura de Manaus, pias em bases do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), localizados nos bairros Compensa e Alvorada (Zona Oeste), Reserva Adolpho Ducke (Zona Norte) e Autaz Mirim (Zona Leste). Os equipamentos seguem ativos e servem, também, aos profissionais que atuam nas unidades.

Saúde

O ato de lavar as mãos é uma das maneiras mais seguras de se prevenir contra a Covid-19. A prática é uma das principais recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), que segundo pesquisas científicas, aponta que o hábito pode reduzir em até 40% as chances de contaminação pelo novo coronavírus.

O vendedor Júnior Marques aprovou a iniciativa da prefeitura, em garantir facilidade na hora da higienização básica das pessoas, que necessitam sair de casa para trabalhar.