A Secretaria Executiva de Proteção e Defesa Civil (Sepdec), vinculada à Casa Militar, já revitalizou 175 metros de pontes. Além disso, o município registrou uma redução de quase 70% nas ocorrências registradas pelo 199 nos primeiros 15 dias do mês na capital.

Também durante a primeira quinzena de outubro deste ano, a Defesa Civil já revitalizou 65 metros de ponte no bairro Educandos e 80 metros no bairro Jardim Mauá, ambos, na zona Sul da capital.

Outros 30 metros também foram construídos na marina do Davi, zona Oeste, para permitir o acesso às embarcações das famílias que moram na zona Rural.

Menos ocorrências neste ano

Comparado com o mesmo período do ano passado, a Central de Atendimento 199, da Defesa Civil municipal, registrou uma diminuição significativa no número de ocorrências na primeira quinzena de outubro. Foram registradas 80 em 2019 e neste ano, foram somente 25, segundo o Sistema de Defesa Civil (Sisdec).

A Defesa Civil conta com o auxílio e monitoramento dos voluntários que trabalham por meio dos Núcleos de Proteção e Defesas Civis nas comunidades (Nupdecs), que analisam e notificam o órgão sobre as ocorrências locais.

Os voluntários estão divididos e atuando em programas como os Defensores Comunitários, no projeto Defesa Civil nas Escolas e nas capacitações dos moradores de bairros, que estão mapeados como área de risco e são o contato direto com os agentes.