O fim de ano se aproxima e com ele o espírito natalino invade os nossos corações. Nessa época, todos os anos, crianças do país inteiro começam a escrever suas cartinhas repletas de pedidos para o Papai Noel. Há mais de 30 anos, os empregados dos Correios, comovidos com as mensagens escritas em letrinhas recém-aprendidas ou transformadas em desenhos coloridos que chegavam até a empresa, decidiram começar a tirar esses sonhos do papel. Nascia aí uma das campanhas de solidariedade mais queridas pelos brasileiros: o Papai Noel dos Correios.

Com o passar dos anos, essa ação ganhou força, se espalhou e hoje une a empresa e a população em uma grande corrente de amor e generosidade. Além das cartinhas das crianças da sociedade, desde 2010 os alunos de escolas públicas são convidados a também expressarem seus desejos ao Papai Noel. A campanha estimula as crianças no desenvolvimento de redação de cartas, prática que permite valorizar a escrita e o interesse pelo aprendizado escolar, um dos maiores presentes que uma criança pode receber, não é verdade?

Para que tudo possa se tornar realidade, os Correios contam com a ajuda de milhares de padrinhos e madrinhas dispostos a fazer a magia do Natal acontecer. Qualquer pessoa, em qualquer lugar do país, pode participar da campanha e fazer a alegria de uma criança. Adote uma cartinha on-line e, neste Natal, seja Você Noel!!! Ho Ho Ho!

 

Esse ano adoção das cartinhas será pela internet

Foto: Divulgação/Correios

Foto: Divulgação/Correios

 

Com pedidos que vão de bicicletas, carrinhos e bonecas a material escolar e cestas básicas, as cartinhas das crianças para a campanha Papai Noel dos Correios, uma tradição do Natal, serão enviadas de forma diferente neste ano. Por causa da pandemia do novo coronavírus, os pedidos serão adotados virtualmente até sexta-feira (18/12). Interessados em realizar os sonhos das crianças podem acessar o blog da campanha,  clicar em “Seja você Noel” e seguir os passos indicados no box a seguir para adotar uma cartinha.

Com base na localidade informada, serão disponibilizadas as cartas e as sugestões de locais para entrega dos presentes. No blog, estarão disponíveis cartas de crianças de escolas públicas, creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos, independentemente da idade, matriculadas do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. Também há orientações sobre datas, locais e horários de funcionamento dos pontos de entrega.

Segundo as regras dos correios, cada padrinho ou madrinha pode adotar até 25 pedidos. Quando a adoção for finalizada, aparecerão as etiquetas com os códigos das cartinhas selecionadas, que devem ser coladas nos pacotes de cada presente. A entrega dos presentes deve ser feita presencialmente nos pontos indicados, sempre com atenção aos protocolos de segurança – uso de máscaras e distanciamento – para evitar aglomerações. Em 2019, 27 mil cartinhas foram atendidas.

 

Seja você um Noel

 

Foto: Divulgação/Correios

 

 

  • Acesse https://blognoel.correios.com.br/
  • Clique em “Adotar agora”
  • Escolha a cartinha que quer adotar
  • Prepare o presente
  • Embrulhe e cole a etiqueta
  • Entregue o presente no ponto de coleta de sua preferência

Você também pode ser um padrinho corporativo, adotando acima de 80 cartas.

 

 

Que tal enviar a sua cartinha para o Papai Noel dos Correios?

Isso mesmo! Pegue papel e caneta e escreva sua cartinha bem colorida, conte sua história para o Papai Noel e faça o seu pedido! Tire uma foto bem direitinho da sua cartinha de maneira que o Papai Noel consiga ler e entender o que você gostaria dele.

Depois peça para um responsável entrar no Blog do Noel do link já citado acima, clicar no botão “Cadastrar Carta”, preencher o formulário e enviar sua cartinha. Agora vamos dar um recado para os pais e/ou responsáveis:

 

Atenção aos critérios de seleção da campanha Papai Noel dos Correios 2020!!!

Foto: Divulgação/Correios

  • A imagem da carta deverá estar em formato JPG ou PNG, ter no máximo 150 dpi e tamanho de até 2 Mb;
  • As cartas deverão ser manuscritas;
  • Será aceita apenas UMA carta por criança;
  • Serão aceitas cartas de crianças de sociedade em geral de até 10 anos de idade;
  • Serão aceitas cartas de crianças de escolas da rede pública de ensino, escolhidas pela secretaria de educação estadual ou municipal, que estão na Educação Infantil (creche e pré-escola) ou no Ensino Fundamental até o 5º ano independente da idade;
  • Observação: serão aceitas cartas de crianças com deficiência, independentemente da idade;
  • Priorizar criança em situação de vulnerabilidade social;
  • O cadastro deverá estar devidamente preenchido com os dados pessoais, endereço completo e pedido da criança;
  • Não serão selecionadas cartas que contenham no corpo do texto endereço e telefone. A identificação da criança será realizada no momento do cadastro e não será divulgada para os padrinhos, em nenhuma hipótese;
  • As cartas serão selecionadas dentro do critério de seleção estabelecido pela campanha;
  • O envio da carta NÃO garante a entrega do presente, pois trata-se de uma campanha voluntária direcionada a toda a sociedade.