Servidores da municipais da área da Educação, da faixa etária de 48 a 49 anos, com comorbidades, receberam no sábado (20), a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A imunização faz parte da pesquisa CovacManaus, que tem como objetivo identificar se a aplicação da CoronaVac em pessoas com comorbidades terá impacto na prevenção de formas mais graves da doença.

A imunização faz parte do estudo CovacManaus e os servidores que se encaixam nas características desta pesquisa, após darem consentimento, vão passar por triagem, exames e receberão as duas doses da CoronaVac. Ao todo, mais de 2,2 mil profissionais poderão ser vacinados.

Todos os profissionais da Semed podem participar da pesquisa, mas apenas aqueles que apresentam comorbidades comprovadas por laudo médico, e descritas no estudo, de idade entre 18 a 49 anos, serão vacinados.

Os servidores da Semed sem comorbidades não receberão a vacina, mas também serão acompanhados pela equipe de pesquisa durante um ano, farão exame sorológico e avaliação clínica.