Suframa conduziu, nesta terça-feira (2), uma videoconferência com as entidades gestoras dos programas prioritários de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PDI) para a apresentação de projetos estratégicos para a Amazônia que estão sendo desenvolvidos em parceria com a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam).

De acordo com o superintendente adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Regional da Autarquia, Manoel Amaral, trata-se de buscar viabilizar em microrregiões – que vêm sendo estudadas a partir de Acordo de Cooperação Técnica entre as Autarquias – o desenvolvimento regional por meio do fortalecimento das cadeias produtivas já existentes, agregação de valor aos produtos, desenvolvimento das vocações naturais e de atividades de base sustentável. “As microrregiões tornam-se eixos para priorização de estratégias com foco no desenvolvimento local e regional, que posteriormente podem ser replicadas a outras áreas com características similares”, afirmou.

Microrregiões

Entre as microrregiões priorizadas como estratégia de ação na Amazônia estão: Polo Industrial de Manaus (PIM); sul de Roraima; Macapá/Santana; Manacapuru; e sul do Amazonas, norte de Rondônia e parte do Acre. Diversos eixos foram levantados, tais como infraestrutura, saúde, comunicação e bioeconomia, com diferentes iniciativas para que o trabalho possa ser desenvolvido.

De acordo com a Suframa a colaboração entre os atores locais, inclusive do ecossistema regional de Ciência, Tecnologia e Inovação, torna-se importante para implementar as ações, trazendo benefícios econômicos, sociais e ambientais para a região.