O camelô Paulo Roberto Pessoa Batista que tinha 31 anos, foi executado a tiros na tarde desta quinta-feira (6), na rua Visconde de Mauá, bairro Centro, zona Sul de Manaus. No momento que foi morto, Paulo estava trabalhando.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), registrado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na noite de quinta-feira (06/08), por volta das 21h35, a mãe da vítima relatou que o filho foi vítima de um homicídio. Segundo o BO, na ocasião do crime, alguns populares informaram que dois homens conhecidos como ‘Alemão’ e ‘Venezuelano’, estavam em uma motocicleta vermelha, quando pararam perto de Paulo e dispararam vários tiros contra ele.

A mulher também relatou que o filho era camelô no centro da cidade e que possuía antecedentes criminais, mas que havia cumprido a pena e estava trabalhando. A noticiante informou, ainda, que desconhece qualquer tipo de ameaça que o filho tenha sofrido.

Paulo foi socorrido ainda com vida, e levado para uma unidade hospitalar da capital, mas não resistiu aos ferimentos e veio à óbito.