Há quem diga que tudo que se faz, se colhe aqui. Esse ditado não poderia ser para certo para o assaltante Benjamin Neto Glória da Silva, 21. Com uma extensa ficha criminal, parece que a colheita dele chegou. Ao invadir uma casa no bairro Mutirão, zona Leste, ele foi morto pelo dono da residência, que reagiu ao assalto.

Benjamim era monitorado por tornozeleira eletrônica e já era bastante conhecido da polícia. Em 2019 ele foi preso após assaltar um mulher no bairro da Compensa e ainda atirar nela.

Um mês após o crime ele foi preso pela equipe do delegado Costa e Silva. Benjamim era do tipo de bandido que adora ostentar toda sua criminalidade nas redes sociais. O não fazia questão de esconder que era ‘vida loka’.