INACREDITÁVEL!!! Não bastasse festas clandestinas em meio a uma pandemia, mais de 70 bacanas ainda têm a insensibilidade de fazer um festival de quatro dias no meio da floresta amazônica, colocando em risco a vida de uma população que não tem acesso a tratamento adequado de saúde.

Intitulada Amazon Immersion, o evento percorreu, entre os dias 2 e 6 de abril, cinco comunidades às margens do Rio Negro. Turistas, entre estrangeiros e visitantes de outros estados brasileiros, foram presos em flagrante.

A Polícia Civil disse que recebeu denúncias sobre o evento por meio de publicações nas redes sociais. Equipes da Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) foram acionadas ao local onde o barco estava ancorado.

Falta sensibilidade com quem morreu, senso de humanidade com as famílias ribeirinhas que não tem acesso a hospitais tão facilmente e responsabilidade de levar um vírus letal e destruidor para essas áreas.

Em janeiro, o Amazonas enfrentou um colapso no sistema de saúde, com fila de espera por vagas em hospitais, falta de oxigênio nas unidades e dezenas de mortes pela covid-19. Atualmente, o estado possui uma situação mais estável comparado com o restante do país, que já ultrapassou a marca de 300 mil mortes.

E agora, quase três meses depois da pior crise sanitária de saúde, o Governo do Estado se prepara para uma 3ª onda da Covid-19. “Estamos nos preparando para o pior cenário possível”, disse Wilson Lima.

 

VEJA OS VÍDEOS: