Na tarde desta quinta-feira (11), o ministro da saúde, Eduardo Pazuello, declarou que a vacinação de pessoas acima de 50 anos será antecipada em Manaus. O comentário foi feito durante sessão no Senado Federal para cobrar esclarecimentos sobre vacinação e medidas adotadas contra a Covid-19.

“Quem vai fazer a vacinação acelerada em Manaus é o Ministério da Saúde com o Ministério da Defesa, já está combinado. Nós vamos vacinar, todos, acima de 50 anos, na primeira pernada, acelerando, sem tirar dos Estados”, disse.

Contudo, Pazuello não definiu uma data e nem foi claro sobre o planejamento da antecipação.

Em Manaus, atualmente, são vacinados idosos a partir de 70 anos, além de profissionais de saúde e indígenas aldeados. O estado do Amazonas recebeu o maior número de doses da vacina contra Covid por conta do colapso causada pela segunda onda da Covid.