Nesta segunda-feira (14), o Rio Negro iniciou o processo de vazante, descendo 1 centímetro, segundo informou a Defesa Civil de Manaus.

A cota máxima chegou aos 30 metros no dia 5 de junho de 2021, sendo a maior cheia dos últimos 119 anos.

A Casa Militar, por meio da Defesa Civil, construiu mais de 10 mil metros de pontes e passarelas em 20 bairros da capital do Amazonas.

Aproximadamente quatro mil famílias foram beneficiadas com as construções que permitem o acesso às casas neste período de cheia.

Foto: Divulgação/Defesa Civil