Passamos o ano todo falando de mortes, contaminados, politização de vacina, leitos de UTI, corrupção com dinheiro da Saúde, desemprego e pandemia. 2020 está indo embora e não vai deixar saudades. Mas a esperança é a última que morre, na verdade, ela não morre nunca. Precisamos olhar para frente, buscar soluções e acreditar que 2021 será um ano melhor. Um ano de vida, cura e reerguimento da humanidade. É essa a mentalidade que temos de assumir. Sim, a pandemia ainda está aí. E a política também, se renovando junto com a virada do ano…

 

NOVAS GESTÕES

Nesta sexta-feira começa um novo ciclo de quatro anos nas prefeituras de todo o Brasil. Onde o prefeito foi reeleito e onde novos prefeitos assumem o comando.  Em Manaus, a maior e mais importante cidade do Amazonas, o povo escolheu David Almeida. Será a primeira vez dele no comando da cidade. E o desafio é gigante. Definir a volta às aulas presenciais, manter e ampliar a assistência médica básica em plena pandemia, distribuir medicamentos á população, limpar a cidade, tapar buracos, dar continuidade às obras e abrir novas frentes. O abacaxi é doce, mas precisa ser descascado com mãos astutas.

RENOVAÇÃO 

Para tanto, David já conta conta com maioria na Câmara de vereadores e ao que parece está bem entrosado com Wilson Lima, que jamais deu as mãos a Arthur Neto. David montou seu time de secretários e deixou claro que vai exigir pontualidade, resultados e fidelidade. Ao seu lado estará Marcos Rotta, que conhece bem os atalhos da Prefeitura e que agora foi alçado a protagonista. Mãos à obra.

ARTHUR X 8 

O prefeito Arthur Neto encerra uma maratona de 8 anos à frente da cidade mais importante da Amazônia. Não há dúvidas de que foram mais acertos do que erros, iluminado pela experiência de mais de 40 anos na política. “Seja qual for meu caminho futuro, continuarei falando e defendendo minha terra para o Brasil e para o mundo”, disse nesta quarta-feira o líder Tucano. Não tenha dúvidas de que ele continuará voando alto. O capital político de Arthur Neto não pode jamais ser subestimado. Ele, os aliados e os adversários sabem muito bem disso.

WILSON X 2  

Wilson Lima chega á metade da caminhada no palácio da Compensa; Não chega como queria, certamente. Alvo dos adversários, de falsos aliados, da Polícia Federal, da Procuradoria Geral da República e do coronavírus, seu céu não é de brigadeiro. Há muita turbulência e muitas vezes na mente dele foi decretado “mayday”. Os motores ainda funcionam, mas manter esse avião lá em cima vai exigir muita perícia. Ainda faltam dois anos até o procedimento de pouso; A bronca é com ele.

 

NINGUÉM MERECE

Polícia se prepara em Manaus para um Réveillon agitado.

Não pelos bandidos, mas pelos festeiros. É só dar uma volta na rede social que você acha.

Em 24 horas acaba o prazo para Wilson dizer se vai ou não decretar lockdown.

2021 venha logo, mas venha com gentileza.