O capitão da Deivide de Souza Chaves, que tinha 32 anos, foi covardemente assassinado durante um assalto na a rua Ananás, conjunto Castanheira no bairro São José Operário, zona Leste da capital. Na ocasião do crime, o militar fazia uma caminhada com seu cachorro e ao perceber a ação dos bandidos, reagiu.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), registrado no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na madrugada desta quarta-feira (13/01), às 01h39, a esposa do capitão relatou, que a mesma estava em sua casa quando foi chamada por vizinhos que a informaram que seu esposo havia sido vítima de disparos de arma de fogo.

Todo o crime foi registrado por câmeras de segurança do circuito de uma casa.

O capitão foi socorrido e levado para Hospital e Pronto-socorro João Lúcio, mas não resistiu e faleceu na madrugada de hoje (13/01).

Deivide era do efetivo do Batalhão de Policiamento de Guardas (BPGDA).